Saiba o que é maturidade de gestão e como medi-la

Saiba o que é maturidade de gestão e como medi-la

Para desenvolver competências que melhoram o desempenho e a competitividade de uma empresa, é preciso analisar em qual nível de maturidade de gestão ela se encontra.

A gestão de uma empresa que deseja ter resultados de sucesso deve ter uma boa estrutura e os profissionais envolvidos precisam compreender determinados conceitos e ações diárias que orientem o caminho que devem seguir.

Ou seja, o sucesso da sua empresa depende de decisões tomadas de maneira inteligente e alinhadas com metas bem definidas.

Neste artigo, explicamos o que é maturidade de gestão, como avaliar os índices, a importância da tecnologia nesse processo e como fazer um diagnóstico preciso.

O que é maturidade de gestão?

Com o atual cenário econômico e tecnológico em constante transformação, as empresas que desejam crescer e conquistar visibilidade precisam acompanhar todas essas mudanças de forma estratégica para adquirir uma maturidade de gestão e, consequentemente, maior destaque.

Maturidade de gestão é a forma como a empresa está conduzindo suas ações e se elas estão desempenhando de forma correta as metas estipuladas. É a situação presente em que se encontra a gestão e o desenvolvimento das competências necessárias para mudanças positivas.

Empresas com um nível de maturidade de gestão elevado conseguem lidar melhor com os desafios do mercado por possuírem recursos adquiridos a partir desse desenvolvimento.

Organizações que possuem um know-how estruturado e um bom desenvolvimento, tanto interno quanto externo, conseguem estar à frente da concorrência. A partir disso, uma empresa com maturidade de gestão conquista vantagens que fazem dela mais forte e competitiva:

  • Sabe inovar de forma inteligente para estar sempre em destaque;
  • Adquire estrutura organizacional para prevenir adversidades;
  • Consegue captar facilmente as oportunidades do mercado;
  • Melhorar a rentabilidade;
  • Tem ótima relação com funcionários, clientes, fornecedores, entre outros;
  • Preza pelo planejamento a curto, médio e longo prazo de acordo com os objetivos;
  • Consegue elevar seus pontos fortes e diminuir ao máximo os fracos.

Principais pontos para avaliar o índice de maturidade de gestão da sua empresa

Alguns pontos são fundamentais para avaliar qual é o grau de maturidade de gestão de uma empresa. Planejamentos inteligentes e uma análise constante do índice de gestão são os principais trajetos a serem seguidos para conquistar o sucesso.

Mas, para que tudo isso aconteça, é fundamental estipular metas e avaliar como estão os principais indicadores:

  • Clima organizacional;
  • Índice de turnover;
  • Ticket médio;
  • Taxa de conversão;
  • Faturamento;
  • Lucratividade;
  • Endividamento;
  • Retorno sobre o investimento (ROI).

Por meio desses indicadores de desempenho da empresa, é possível analisar o índice de gestão, se os resultados estão favoráveis ao cenário atual do mercado e, assim, estruturar estratégias que direcionem de forma precisa a uma maturidade de gestão de qualidade.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 80% das empresas brasileiras não sobrevivem até completar uma década. Por isso, é importante avaliar o nível de maturidade de gestão constantemente e fazer as seguintes perguntas após as avaliações:

  • Estamos atingindo as metas estipuladas?
  • Os recursos estratégicos utilizados são eficazes?
  • Existem falhas? Quais são?
  • Como está o nível de desempenho do trabalho?

Para atingir um alto índice de maturidade de gestão, a empresa precisa avaliar em que nível ela se encontra e quais são as competências necessárias para atingir as metas estipuladas. Esses níveis são divididos em:

  • Nível 1 – Pouca ou nenhuma consciência de gestão
  • Nível 2 – Elementos de gestão sendo aplicados isoladamente
  • Nível 3 – Processos mais estruturados
  • Nível 4 – Normas são implementadas para gerenciar a mudança
  • Nível 5 – Competência de gestão de mudanças

Por que usar um ERP ajuda a garantir maturidade de gestão?

O uso de tecnologias nos processos de maturidade de gestão ajuda a empresa na praticidade de integrar informações entre setores, automatizar processos, otimizar tempo e, consequentemente, aumentar a produtividade.

O ERP é um sistema de gestão integrado que permite unir todas as informações organizacionais em um único lugar, através de várias funções.

A polarização de ferramentas digitais em uma empresa dificulta todo o processo estratégico, tendo em vista que o planejamento de maturidade de gestão precisa ter uma comunicação única entre equipes.

O uso do ERP durante todas as etapas do planejamento e do desenvolvimento melhora o índice de gestão empresarial, além de oferecer diversas vantagens, tanto no ambiente interno da organização quanto no externo:

  • Vantagem competitiva;
  • Tomadas de decisões mais assertivas;
  • Melhor gerenciamento de custos;
  • Atendimento a qualquer tipo de empresa de acordo com suas necessidades;
  • Integração de informações;
  • Facilidade em identificar erros e demais problemas;
  • Aumento dos lucros e da produtividade.

Considerando que uma empresa é constituída por um conjunto de processos e que eles são interdependentes, qualquer movimentação em um impacta em outros. Sendo assim, é preciso ter o conhecimento das melhores práticas por processo, garantindo um resultado mais assertivo.

O Sistema de Gestão Argos é ideal para que você tenha este controle forma precisa e eficaz, através de dashboards com indicadores que irão lhe auxiliar nas tomadas de decisões. Convidamos você a conhecer o ERP Argos. Entre em contato conosco para que você possa conversar com um especialista que irá lhe ajudar.

Compartilhar


Bem Vinda(o) ao Grupo In4! Por favor, escolha a área que deseja conversar e teremos todo o prazer em lhe atender.
//
Fale com um consultor (AL)
Fale com nossos especialistas da região de Alagoas
//
Fale com um consultor (PE)
Fale com nossos especialistas da região de Pernambuco
Fale com um consultor