Entenda o que é inventário de estoque e suas vantagens

Entenda o que é inventário de estoque e suas vantagens

Uma prática muito importante para qualquer empresa é realizar o inventário de estoque. Ele é responsável por manter a gestão e o controle de entrada e saída de mercadorias, a fim de que nenhum prejuízo aconteça a empresa. Além disso, esse processo garante maior segurança, confiabilidade e transparência, fazendo com que tudo esteja nos parâmetros da boa gestão logística.

Sem o monitoramento consistente dos produtos mantidos no estoque, fica complicado para qualquer gestor lidar com os gargalos e identificar fatores que acarretam perdas e extravios de itens. Por isso é importante compreender esse conceito e aplicar na sua empresa.

Quer entender melhor o que é Inventário de Estoque e suas vantagens? Confira o artigo que preparamos para você.

O que é inventário de estoque?

É o sistema de classificação, identificação e contabilização dos produtos que estão armazenados em estoque. O entendimento é ter dados precisos para que ocorra as tomadas de decisões, que envolvem os itens em falta, sem giro, avariados ou vencidos.

É a partir desse processo que também se verifica a importância de cada espécie de mercadoria. Por isso, é fundamental entender detalhadamente o seu estoque, uma vez que uma falha ou esquecimento no momento da baixa dos itens pode provocar problemas para a administração dos recursos financeiros da sua empresa.

Quais são as formas de fazer o inventário de estoque?

O inventário de estoque pode ser realizado de duas formas, dependendo da realidade de cada empresa:

  1. Inventário de Estoque Geral

Trata-se da contagem física que é realizada sempre no final de cada exercício contábil. Possui efeito fiscal e deve ser feita contando todos os itens do estoque.

  1. Inventário de Estoque Rotativo

Esse é um procedimento de recontagem periódica dos itens do estoque. Para sua realização, é preciso selecionar um número reduzido de itens periodicamente para que sejam contados com uma frequência predeterminada (diária, semanal ou mensal) de acordo com a realidade de cada empresa. Finalizada a contagem desses itens, selecionam-se outros e, assim, sucessivamente.

Esse tipo de inventário serve para aumentar a precisão do estoque, pois, por meio dele, é possível encontrar e corrigir divergências encontradas de forma muito mais rápida e não só no momento do inventário periódico que é feito anualmente, o que torna muito mais difícil lembrar-se do motivo de algumas divergências.

Esse procedimento pode ser realizado manualmente ou por meio de um leitor de código de barras, caso a empresa utilize um Software de Gestão (ERP). A morosidade e o risco de erros no procedimento, quando realizado manualmente, é muito maior. Então, o ideal nesse caso é que a contagem seja feita por pelo menos duas pessoas, sendo uma fazendo a contagem e a outra fazendo a conferência.

O que fazer quando encontrar diferenças no estoque após a realização do inventário?

Caso sejam identificadas diferenças no estoque após a contagem física, é importante entender quais são as causas do desencaixe. Os principais motivos são:

  • Erros no lançamento das operações de entrada e saída;
  • Ausência da conferência dos produtos recebidos dos fornecedores;
  • Ausência do registro das movimentações de entrada e saída de produtos (compras, vendas, trocas, devoluções, avarias etc.);
  • Registro correto das vendas, mas entrega do produto errado;
  • Registro incorreto de produtos similares (cores, especificações);
  • Configuração/parametrização inadequada do software (se utilizar).
  • Desvios/furtos;

Controlar o estoque utilizando um Software de Gestão (ERP), que atualiza as informações quando uma compra ou venda é realizada, traz muito mais segurança e agilidade para a operação diária das empresas.

A realização do inventário, por exemplo, vai muito além de apenas contar os produtos do estoque. Esse procedimento norteia o gestor nas decisões de compra, ajuda a evitar perdas e impacta diretamente nos resultados do negócio.

Qual é a importância do inventário de estoque para a gestão da sua empresa?

Realizar um inventário é fundamental para as empresas uma vez que, por meio dele, você tem o controle de tudo que é armazenado, o que facilita os processos logísticos do negócio. Confira agora por quais motivos ele pode ajudar em sua gestão.

  • Redução das perdas
  • Cumprimento da legislação
  • Melhoria do atendimento ao cliente

Como fazer um bom inventário de estoque?

  • Escolha o dia certo
  • Separe e organize os produtos
  • Caracterize cada mercadoria em detalhes
  • Atualize seu inventário periodicamente
  • Utilize um bom software de gestão

Mesmo que muitas empresas ainda não tenham percebido, a gestão de estoque pode influenciar bastante nos resultados das vendas da empresa. A dica para otimizar esse processo é usar um software de gestão. A relevância do inventário de estoque vai além da conferência de volumes disponíveis. Ele se faz necessário para melhorar a administração, diminuindo índices de falhas e conseguindo aperfeiçoar a gestão de compras que, consequentemente, passa a ter melhores dados em relação à aquisição de produtos.

O Sistema de Gestão Argos é ideal para que você tenha este controle forma precisa e eficaz. Convidamos você a conhecer o ERP Argos. Entre em contato conosco para que você possa conversar com um especialista que irá lhe ajudar.

Compartilhar


Bem Vinda(o) ao Grupo In4! Por favor, escolha a área que deseja conversar e teremos todo o prazer em lhe atender.
//
Central de Negócios
Fale com nossos especialistas
//
Central de Serviços
Fale com nossa equipe de suporte
Precisa de ajuda? Fale conosco!