Segurança da Informação – Os dados da sua empresa estão realmente seguros?

Segurança da Informação – Os dados da sua empresa estão realmente seguros?

Guardar e proteger os dados de sua empresa precisa ser um dos fatores mais importantes. Atualmente, temos a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que entrará em vigor em meados de 2020. Sua ideia é proteger os clientes ao prevenir o vazamento de dados. Sua empresa deve estar em conformidade para não ganhar penalidades sérias! Muita atenção nesse caso.

Antes de mostrar para você algumas dicas para proteger os arquivos da sua empresa contra ataques, preciso explicar rapidamente o conceito de Segurança da Informação, para que você entenda melhor o que iremos abordar nesse post.

O conceito de Segurança da Informação

A Segurança da informação refere-se à proteção existente sobre as informações de uma determinada empresa ou pessoa, isto é, aplica-se tanto às informações corporativas quanto às pessoais. Entende-se por informação todo e qualquer conteúdo ou dado que tenha valor para alguma organização ou pessoa. Ela pode estar guardada para uso restrito ou exposta ao público para consulta ou aquisição.

Resumindo, a Segurança da Informação é a prática de impedir o acesso não autorizado, divulgar, gravar, modificar ou destruir as informações ― sendo estas físicas ou elétricas.

A Segurança da Informação é baseada em 4 pilares. Veja abaixo quais são eles:

  1. Confidencialidade

Os dados só podem ser vistos ou usados por pessoas autorizadas a acessá-los. Indivíduos, entidades e processos não autorizados devem ser sinalizados imediatamente para a área responsável, para que a sua origem seja verificada.

  1. Integridade

Toda e qualquer alteração nas informações por um usuário proprietário deve continuar em estado íntegro. Informações sigilosas têm que ter rastreio, para fins de auditoria. É necessário que o acesso não autorizado não seja possível.

  1. Disponibilidade

Como o nome já diz, as informações precisam estar disponíveis sempre que os usuários autorizados necessitarem delas. Por exemplo, se o Gestor da empresa quiser conferir as horas produtivas de um determinado funcionário, esses dados devem ser fiéis à realidade.

  1. Conformidade

Existe para garantir que todas as leis, normas e regulamentos sejam contemplados e validados em todos os sistemas de uma organização.

As 4 maiores tendências em Segurança da Informação

  1. Internet das Coisas ― IoT
  2. Ransomware das Coisas ― RoT
  3. Backup e RAID
  4. Autenticação de múltiplos fatores

5 dicas em Segurança da Informação para proteger os arquivos da sua empresa

     1 – Cuidado ao abrir e-mails e baixar arquivos

O primeiro passo para se prevenir é sempre ter cuidado ao abrir seus e-mails e baixar arquivos, quando suspeitar de anexo, não o abra por curiosidade.

     2 – Rotina de backup de segurança

Também é recomendado manter uma rotina de backup de segurança dos seus arquivos, o armazenamento em nuvem é bem útil (e essencial hoje em dia), pois inclui criptografia e múltiplos passos de autenticação. Recomendamos também a utilização da sua base de dados na nuvem, o que otimiza custos, tempo, disponibilidade, mobilidade, além de aumentar a segurança dos dados da sua empresa. Seu ERP já está na nuvem?

CLIQUE AQUI CONHEÇA O ARGOS

     3 – Manter seu S.O e Softwares sempre atualizados

Manter seu sistema e softwares sempre atualizados na última versão é importante, uma vez que nas atualizações são corrigidos erros e falhas de software. Ative também seu firewall do computador, evite entrar em sites suspeitos, procure sempre visitar sites certificados como seguros (HTTPS).

     4 – Capacite seus colaboradores

Para elevar a segurança da informação como um todo, é necessário conscientizar e treinar os colaboradores. Só desse modo será possível garantir que eles realizem tarefas básicas destinadas à proteção dos sistemas. O mero ato de conectar um dispositivo trazido de fora pode acarretar consequências devastadoras para o negócio.

     5 – Controles de acesso

Trata-se de oferecer níveis de acesso que estejam totalmente de acordo com a necessidade de que certos profissionais visualizem determinadas informações. Colaboradores pouco experientes são mais vulneráveis a ataques cibernéticos, por exemplo.

Dessa forma, um profissional que ainda esteja se familiarizando com a rotina setorial e as tecnologias empregadas pode acabar comprometendo os dados acidentalmente, gerando vazamentos perigosos.

Como pudemos ver nesse post, a Segurança da Informação é um fator crucial que você deve se atentar na sua empresa. Com a ajuda de profissionais especializados, será possível se precaver contra fraudes digitais e ainda otimizar a utilização de soluções digitais em seu negócio.

Gostou desse tema e quer conhecer mais sobre as tendências da Segurança da Informação? Comente abaixo e iremos abordar um conteúdo exclusivo sobre essas tendências.

Clique aqui e fale com um dos nossos consultores.

Compartilhar