As 10 mais sobre data centers em 2012

As 10 mais sobre data centers em 2012

A disseminação dos serviços na nuvem e chegada da Amazon Web Services (AWS) ao Brasil impulsionaram os investimentos de data centers comerciais no País, que ampliaram a infraestrutura e também as ofertas.

O aumento da adesão dos serviços na nuvem, a chegada de novos players como a Amazon Web Services (AWS), a disposição das empresas para terceirizar TI e a aproximação da Copa do Mundo fizeram crescer os investimentos em data centers no Brasil. Quase todas as companhias ampliaram infraestrutura não apenas para atender à demanda aquecida, mas também para modernização dos centros para que se tornem mais verdes e ofereçam eficiência energética.

A seguir você confere as dez reportagens mais lidas sobre a movimentação dos data centers brasileiros durante o ano de 2012.

1- Operação da Amazon gera reação no mercado nacional
Concorrentes apontam falhas na operação do novo player. Dedalus, parceira da norte-americana, diz que reclamação é devido migração de clientes para recém-chegada.

2- Itaú Unibanco investe R$ 800 milhões em novo data center
Unidade será construída na cidade de Mogi Mirim e será o site principal do banco. Projeto será concluído em 2014.

3- Data center móvel: estratégia itinerante de negócios
Modelo que encaixota TI em contêiner começa a ser adotado no Brasil para atender às necessidades corporativas específicas.

4- Máxima eficiência energética é a meta dos data centers brasileiros
A corrida é por reduzir os custos com energia e ganhar competitividade. Na estratégia, planejamento, alta tecnologia e criatividade fazem a diferença

5- Como vai a contingência no Brasil?
Ativos ficam em risco por falta de estratégias de continuidade. Amadurecimento do mercado e novos

6- Empresas estão operando com data centers obsoletos, revela IDC
Capacidade energética, refrigeração e falta de espaço adequado foram barreiras apontadas por 85% das companhias para modernização dos sites internos.

7- Você sabe quanto custa parar o seu negócio?
Estudo revela que um desastre de 2,2 dias pode gerar gastos à empresa de cerca de 290 mil euros, relacionados à perda de produtividade.

8- IaaS: self service de infraestrutura
Com recursos limitados, companhias menores encontram no modelo de infraestrutura como serviço a saída para crescer.

9- Operadoras e data centers disputam virtualização como serviço
No mercado aquecido, eles medem forças para arrebatar a soberania no segmento. O poder da tecnologia saiu da caixa e alcançou a nuvem.

10- Alta densidade na arena de data centers
Em ebulição e atraente, mercado brasileiro prepara-se para uma arquitetura mais compacta e eficiente rumo ao futuro.

Fonte: CIO Uol

Compartilhar